Categoria: Beleza

CLAREANDO OS PELOS EM CASA COM O KIT BANHO DE LUA

CLAREANDO OS PELOS EM CASA COM O KIT BANHO DE LUA

Clareando os pelos em casa com o kit Banho de Lua
Para algumas mulheres, os peles escuros, especialmente quando em grandes quantidades e em partes do corpo bastante visíveis, são um incômodo. Por isso, o método de descolorir os pelos é bastante utilizada. Um dos produtos que gosto de usar para descolorir os pelos é o kit Banho de Lua Caviar Lightner.

Leia também: Banho de Lua

O kit Banho de Lua Caviar Lightner oferece clareamento de alta performance dos pelos e um tratamento revitalizador da pele proporcionado pelo extrato de caviar. O kit é indicado para quem sofre só de pensar em fazer depilação para remover os pelinhos da região dos braços, barrigas e coxas, como para quem gosta de exibir os pelos dourados, principalmente no verão.

Clareando os pelos em casa com o kit Banho de Lua Caviar Lightner
O extrato de caviar é rico em vitaminas A, E, F e ácidos graxos essenciais que restaura a hidratação da pele e ajuda a prevenir o envelhecimento precoce. O pó descolorante também contém Proteínas do Leite que evita o desconforto e o odor incômodo durante o clareamento.

O kit Banho de Lua vem com 6 itens (Parafina Protetora Corporal 15g, Pó Descolorante 20g, Água Oxigenada 30 Volumes 60 ml, Esfoliante Hidratante Corporal 15g, 1 vasilha de plástico e 1 espátula) e mais um Shampoo a Seco Pós-Química da Charming grátis.

Modo de usar:

PROTEÇÃO: Aplique a Parafina Protetora sobre a pele limpa, com movimentos suaves em toda a área onde for realizar a descoloração.
DESCOLORAÇÃO: Prepare a mistura conforme orientação de preparado da embalagem e aplique sobre a pele, deixando agir o tempo necessário (de 15 a 25 minutos).
ESFOLIAÇÃO: Sobre a pele limpa, aplique o esfoliante com movimentos suaves de massagem. Você pode realizar a esfoliação durante o banho.
Clareando os pelos em casa com o kit Banho de Lua Caviar Lightner
O kit Banho de Lua da Lightner é excelente! Ele descolore rapidamente os pelos, não arde, não pinica e pode ser feito no conforto da nossa casa. Como uso somente nos braços, o kit dura de 2 a 3 aplicações. Achei super prático e fácil de usar.

O kit Banho de Lua Caviar Lightner custa em torno de R$13,00 e está à venda em drogarias, lojas de cosméticos e supermercados do Brasil.

Como fazer limpeza de pele caseira

Como fazer limpeza de pele caseira

Confira algumas receitas para fazer uma limpeza de pele em casa
Limpeza de pele caseira
A limpeza de pele caseira é uma boa prática para manter a pele de homens e mulheres saudável. Os cuidados com a pele do rosto devem ser diários, levando em conta o tipo de pele de cada pessoa. Mas a limpeza superficial do dia a dia não elimina todas as sujeiras que se acumulam nos poros faciais ao longo do tempo, especialmente no caso dos moradores das grandes cidades. Por isso, para se livrar da poluição que vai ficando no rosto, é importante fazer uma limpeza de pele profunda de vez em quando.

Leia também: limpeza de pele espinhas

Reunimos algumas dicas para você fazer uma limpeza de pele caseira, sem precisar gastar com esteticista ou em cosméticos industriais, que contém produtos que agridem tanto nosso organismo quanto o meio ambiente, como parabenos, ftalatos e microesferas plásticas.

Conheça as principais substâncias que devem ser evitadas nos cosméticos e produtos de higiene
Uma limpeza de pele caseira e completa é constituída por 5 passos:
1. Limpeza superficial da pele
Semelhante àquela feita todos os dias. Prefira usar sabonetes naturais, sempre adequados ao seu tipo de pele.
Sabonete de Neem: uso humano. Sabonete artesanal
O que constitui os sabonetes?
Nesta etapa, você já pode utilizar recursos caseiros para a limpeza, como a limpeza com pepino. Corte rodelas de pepino de cerca de 1cm e passe sobre o rosto com cuidado. Deixe agir durante toda a noite e lave de manhã com água fria. Esse método pode ser utilizado todos os dias, sempre antes de dormir. Para uso cotidiano, você também pode fazer um removedor de maquiagem caseiro com óleo de coco.

Óleo de coco: benefícios, para que serve e como usar
2. Abertura dos poros
Essa é uma etapa fundamental em qualquer limpeza de pele, pois é por meio da abertura dos poros que será possível remover as impurezas mais profundas da pele. Na técnica caseira, esta etapa pode ser feita com o vapor de alguma erva que ajuda na abertura dos poros e mantém a pele calma, como hortelã, tomilho, manjericão ou camomila. Ou até mesmo com uma gota do óleo essencial de algumas dessas ervas. Mas lembre-se: é preciso utilizar os óleos essenciais em pouca quantidade pois são altamente concentrados.

Coloque três colheres de sopa de tomilho ou 50 folhas de hortelã para ferver junto com um litro de água (ou uma gota de algum dos óleos essenciais das ervas citadas acima). Espere dez minutos de fervura, desligue o fogo e aproxime o rosto do vapor, tomando cuidado para não se queimar. Se achar muito quente, espere esfriar um pouco antes de se aproximar. Para acelerar o processo, você pode cobrir a cabeça com uma toalha, para evitar que o vapor se dissipe muito rápido. Espere cinco minutos e depois seque o rosto com uma toalha limpa.

O que são e para que servem os óleos essenciais?
3. Esfoliação
Uma esfoliação caseira, além de ser mais natural, ainda preserva o meio ambiente das microesferas plásticas presentes nos esfoliantes comuns. O açúcar é um poderoso ingrediente para esfoliantes baseados em técnicas caseiras. É possível fazer desde receitas sofisticadas, como esta com açúcar mascavo, óleo de coco e vitamina E, até opções mais básicas como misturar uma colher de sopa de açúcar mascavo com duas colheres de mel.

Depois é só mexer até formar uma pasta, aplicar no rosto com movimentos circulares suaves e deixar agir por dois minutos. Enxágue com água abundante.

Você também pode fazer uma limpeza de pele esfoliante com sabonete hidratante. Utilize uma colher de chá de sal, três colheres de óleo de coco, quatro gotas de sabonete líquido facial e uma colher de chá de açúcar mascavo. Depois de mexer aplique a mistura no rosto levemente úmido e faça movimentos circulares leves na pele. Logo em seguida já pode enxaguar com água gelada.

Mas cuidado! Como a pele do rosto é mais sensível, o tipo ideal de açúcar para uma esfoliação nesta área é o mascavo, que é bem mais suave que os demais. O açúcar refinado é áspero e por isso só deve ser usado para esfoliar áreas do corpo com a pele mais grossa – no rosto ele pode deixar a pele áspera ou riscada. Já o açúcar cristal, que é muito áspero, não deve ser usado para fins estéticos. O ideal é consultar um médico ou uma médica antes de qualquer esfoliação para saber qual o tipo de açúcar e a proporção ideal para sua pele, pois cada tipo de pele tem um comportamento próprio.

4. Limpeza de pele profunda
Após a esfoliação, é a hora de uma nova limpeza, desta vez mais profunda. Se quiser, você pode espremer cravos e espinhas, mas tome cuidado para não machucar a pele, o que pode causar manchas. Uma boa opção natural para a limpeza da pele é utilizar uma mistura de cúrcuma com suco de abacaxi. Apesar da cor, a cúrcuma tem fortes propriedades antissépticas – e por isso precisa ser usada com cautela, três vezes por semana ou menos, se sua pele for sensível. Misture uma colher de sopa de cúrcuma com algumas gotas de suco de abacaxi até formar uma pasta. Aplique sobre a pele do rosto e do e pescoço e deixe até que seque completamente, em seguida remova e lave bem o rosto com água fria.

Você também pode massagear o rosto com uma mistura de 100g de açúcar demerara moído ou processado em casa (é só colocar no liquidificador por alguns minutos), uma colher de chá de azeite de oliva e uma colher de chá de óleo de coco. Bata tudo no liquidificador e aplique sobre a pele do rosto, massageando com calma. Deixe agir por pelo menos 20 minutos e depois lave com água morna.

5. Tonificação
Por fim, é a hora de tonificar a pele para que ela se mantenha hidratada e se recupere da esfoliação e da limpeza profunda. Você pode usar uma água termal ou alguma máscara caseira. Uma receita simples leva duas colheres de sopa de aveia em flocos finos, meia colher de sopa de óleo de coco e três colheres de sopa de camomila.

Junte todos os ingredientes, misture e passe no rosto. Deixe agir por 20 minutos e depois retire. Essa máscara funciona muito bem para pessoas com a pele mista.

Outra receita leva uma gema de ovo, uma colher de sopa de mel, meio copo de iogurte natural e meia colher de sopa de farinha de trigo. Misture todos os ingredientes até obter uma pasta homogênea, molhe algodão na máscara e passe no rosto limpo e seco. Espere 20 minutos e enxágue o rosto com água corrente.

O iogurte natural também pode ser misturado apenas com farinha de aveia – na proporção de três colheres de sopa do líquido para cada colher de farinha. O modo de aplicação é o mesmo da receita anterior e o tempo de espera deve ser de 15 minutos. Depois é só enxaguar.

Prontinho, agora sua pele já está livre daqueles pontinhos pretos! Só não exagere, o ideal é fazer uma limpeza de pele completa no máximo uma vez por mês, dependendo do seu tipo de pele. Consulte sempre um dermatologista antes de qualquer procedimento mais agressivo e não esqueça de proteger sua pele da radiação UV. O uso diário de protetor solar evita manchas no rosto e previne o envelhecimento precoce da pele. Se quiser fugir dos protetores industrializados, uma opção natural é o óleo de buriti.

BOCA HIDRATADA: A MANTEIGA DE CACAU

BOCA HIDRATADA: A MANTEIGA DE CACAU

Boca hidratada aposente a manteiga de cacau
Durante o inverno, os lábios precisam de hidratação e cuidados constantes. Afinal, eles ficam expostos aos ventos e as baixas temperaturas. Nas prateleiras das farmácias, as manteigas de cacau aparecem em mil e um formatos e texturas. No entanto, o que você precisa saber é que esse produto não hidrata a boca, mas apenas forma uma barreira protetora.

Leia também: Lábios ressecados beijo

Ué, formar uma barreira protetora não é bom? Sim, é bom, só que não soluciona o problema. O ideal é manter a boca bem hidratada, uma vez que os lábios não possuem glândulas sebáceas e não conseguem se regenerar facilmente. Para cuidar da sua boca durante o inverno, o mais indicado é optar pelos balms, batons com poderosa fórmula hidratante.

Então, se você quer uma boca bem hidratada o mais aconselhável é a boa e velha manteiga de cacau seja aposentada de uma vez por todas. No mercado existe uma infinidade de marcas e opções de preços variados para escolher qual o lip balm que mais combina com a sua necessidade.

RESENHA: ÓLEO CORPORAL NA PELE SALON LINE

RESENHA: ÓLEO CORPORAL NA PELE SALON LINE

Olá meus amores!

Essa semana o frio chegou aqui em São Paulo e nessa época do ano não podemos esquecer de cuidar da nossa pele, mais com esse tempo fica um pouco difícil dar a atenção que a nossa precisa, que bom que no mercado existe varias opções para ser utilizadas no banho e uma delas é a linha de óleos corporais Na Pele da Salon Line.

Na pele é uma linha de óleos corporais inspirada em ingredientes da natureza. Com fórmulas de alta qualidade e performance que trazem todos os nutrientes e cuidados que a sua pele precisa, com fragrâncias diferentes e exclusivas para deixar a sua pele perfumada e com um cheirinho incrível!
Os óleos corporais são divididos em duas categorias: pele seca (Amêndoas, Coco e Flor de Laranjeira) e pele extra-seca (Avelã, Vanilla e Flor de Cerejeira), todos com a mais alta tecnologia para proporcionar a melhor sensação para o seu corpo.

Óleo Corporal Na Pele Salon Line

Recebi da marca na Casa Salon Line essas duas fragrâncias que são para pele seca.

ÓLEO CORPORAL COCO NA PELE: É rico em Vitamina E, que nutre e hidrata a pele, deixando super macia e perfumada. Para cuidados com a pele seca.

ÓLEO CORPORAL AMÊNDOAS NA PELE: O Óleo Corpora Amêndoas é rico em vitaminas A e E, ele que auxilia na hidratação e melhora a elasticidade da pele além de deixar extremamente perfumada. Indicado para pele seca.

Leia também: Óleo de rosa mosqueta onde comprar

Modo de uso: Após o banho, ainda sobre o corpo molhado, espalhe pequenas porções do Óleo Corporal sobre todas as partes do corpo, principalmente as mais ressecadas como joelhos e cotovelos, massageando em movimentos circulares. Enxágue em seguida, ou apenas seque-se com a toalha.

Gostei bastante dessa linha de óleos corporais Na Pele da Salon Line, agora na gravidez tenho utilizado muito, na hora do banho ou de tarde sem enxague na região da barriga para evitar estrias, ele realmente deixa a pele nutrida e hidratada.

Se voce quer manter a pele macia e hidratada nesse inverno? A linha Na Pele é a melhor escolha!

Peeling Caseiro: O que é? Para que serve? Como posso fazer?

Peeling Caseiro: O que é? Para que serve? Como posso fazer?

Peeling Caseiro: O que é? Para que serve? Como posso fazer?
Uma pele saudável e bem tratada é um como uma cartão de visita. É a primeira coisa que as pessoas vêm e ela diz muito do seu estilo de vida. Marcas, manchas, acnes, cravos e oleosidade são impurezas que acabam tomando conta da sua derme e muitas vezes as pessoas não têm dinheiro para um tratamento adequado. Para te ajudar nisso, existe o peeling caseiro!

O que é o peeling?
O peeling é uma mistura indicada para amenizar marcas e manchas na pele. Seu processo envolve esfoliar e renovar a pele, com uma remoção de células mortas e suavizando alterações decorrentes do envelhecimento da pele, contribuindo em seu aspecto saudável e a melhora da sua aparência.

Mas como esses tratamentos em clínicas especializadas custam um valor um pouco alto, com ingredientes baratos e de fácil acesso você pode fazer seu próprio peeling caseiro. Lembrando que a versão “feita em casa” é um peeling mais superficial e que demora um pouco mais para os resultados. É um tratamento por um certo período que deve ser feito no máximo 3 vezes na semana para ver as melhoras na sua pele. Os peelings mais profundos devem ser feitos por médicos em um consultório profissional.

Leia também: Peeling Caseiro como fazer

Peeling caseiro de açúcar com azeite
Esse peeling é o mais indicado para suavizar as pequenas rugas que vão surgindo junto da idade. O açúcar é um ótimo esfoliante que renova as células da pele e o azeite penetra profundamente na pele, nutrindo e regenerando todas as camadas.

Ingredientes:

1 colher (sopa) de açúcar cristal;
1 colher (sopa) de azeite extravirgem.
Modo de usar:

Misture os dois ingredientes em um recipiente até formar uma pastinha homogênea.
Antes de passar, tome um banho e depois aplique a mistura com leves massagens circulares sobre a pele umedecida.
Você pode aplicar em todo o rosto, tomando cuidado na área dos olhos, boca e pescoço.
Após alguns minutos tome banho e lave o rosto, mas sem aplicar sabonete na região da esfoliação.
Prefira fazer o peeling caseiro na parte da noite para não expor seu rosto na luz do sol logo após.
Peeling caseiro de iogurte com aveia
Esse peeling caseiro é super indicado para clarear manchas da pele. A aveia em flocos finos remove as células mortas superficiais que estão cheias de melanina e o ácido lático do iogurte estimula a renovação da pele e inibe a produção de mais melanina.

Ingredientes:

1 colher (sopa) de aveia em flocos finos;
1 colher (sopa) de iogurte natural.
Modo de usar:

Misture bem todos os ingredientes;
Durante o banho lave bem o rosto com sabonete e aplique o peeling e faça massagens circulares e suaves por 2 a 3 minutos. Se atente mais nas áreas onde as manchas estão forte.
Depois enxágue o rosto e seque bem.
Peeling caseiro com café
O peeling caseiro de café é ótimo para ajudar a diminuir manchas, regenerar a pele e ativar a circulação.

Ingredientes:

Borra de café (aquele pó de café que fica no filtro depois de coar o café)
Modo de usar:

Lave o rosto com um sabonete para abrir os poros.
Aplique a borra do café no rosto fazendo movimentos circulares e massageandos a região.
Deixe o café por um minuto e depois enxágue com água corrente.
Peeling caseiro de farelo de aveia com mamão e óleo de oliva
Esse peeling é ótimo para limpar a pele, deixar menos oleosa e se livrar das acnes. O farelo de aveia remove as células mortas da superfície da pele e ajuda a desobstruir os poros. O mamão potencializa o efeito esfoliante e o óleo de oliva repõe os lipídios perdidos.

Ingredientes:

1 colher (sopa) de farelo de aveia;
1 colher (sopa) de mamão papaya amassado;
1 colher (café) de óleo de oliva extravirgem;
Modo de usar:

Misture bem todos os ingredientes até formar uma pasta.
Lave o rosto com um sabonete e com a pele levemente úmida, aplique a mistura.
Massageie fazendo movimentos circulares de forma bem suave em todas áreas afetadas.
Espere uns 2 minutos e enxágue bem o rosto.
Peeling caseiro com arroz.
O peeling de arroz é bom para evitar o envelhecimento precoce e surgimento de rugas. O arroz contém elevada quantidade de ácido linoleico e esqualeno, um potente antioxidante que tem a capacidade de estimular a produção de colágeno na pele.

Ingredientes:

1 xícara de arroz (se você tiver o arroz integral melhor)
Modo de usar:

Triture o arroz no liquidificador ou processador.
Umedeça o arroz moído com leite (se tiver pele seca) ou com água (se tiver pele oleosa) e aguarde uns 3 minutos.
Aplique no rosto com movimentos circulares suaves e deixe agir por 5 minutos.
Depois lave o rosto em água corrente.

Bichectomia: Como é feita? Doi? Preço e Fotos do Antes e Depois

Bichectomia: Como é feita? Doi? Preço e Fotos do Antes e Depois

No post de hoje eu vou contar para vocês todos os detalhes e minha opinião sincera sobre a BICHECTOMIA, a famosa cirurgia que promete deixar com o rosto mais magro.

bichectomia antes e depois

Quer conferir como a cirurgia é feita, fotos do antes e depois e todos os detalhes sobre o pós-operatório? Então, vem comigo!

Conteúdo [hide]

O que é Bichectomia?
Como é feita a Bichectomia?
Benefícios da Bichectomia
Contras do procedimento
Cuidados pós-operatório
Quanto custa a Bichectomia? Qual Preço?
Fotos do Antes e Depois da Bichectomia
O que é Bichectomia?
A Bichectomia nada mais é do que a relação das bolas de bichat, que são duas glândulas(uma de cada lado) que todos nós temos nas bochechas.
Com a remoção dessas glândulas, o nosso rosto tende a ficar mais magro resultando num efeito parecido com contorno feito com maquiagem, só que sem.

Leia também: Bichectomia recuperacao

A cirurgia virou febre no ano passado porém boa parte da comunidade médica especializado em beleza e cirurgia plástica é contra o procedimento mas vamos falar mais sobre isso abaixo.

Como é feita a Bichectomia?
A bichectomia é feita através de uma pequena incisão, que não passa de 2 centímetros, por onde são retiradas as glândulas de bichat.

O paciente é anestesiado com anestesia local o que torna o procedimento indolor. (BICHETOMIA não doi!!)

Após a retirada das glândulas, é feito a sutura como em qualquer outra cirurgia.

Benefícios da Bichectomia
Procedimento minimamente invasivo (só não ganha da bioplastia, =p);
Pós-operatório tranquilo;
Indolor;
Resultados vistos rapidamente
Contras do procedimento
Por ser uma procedimento recente, pelo menos no que diz respeito a cirurgia como procedimento estético, ainda não há comprovação científica suficiente mas especula-se que as pacientes que realizaram a bichectomia tendem envelhecer mais rápido.
Ainda a respeito da cirurgia, é importante ressaltar que o procedimento, ao contrário de uma rinomodelação, por exemplo, é irreversível.

Isso pode ocorrer devido a falta de sustentação nas bochechas, que ocorre com a retirada das bolas de bichat. Por este motivo, alguns especialistas são contra o procedimento.

Cuidados pós-operatório
Como qualquer outro pronto pós-operatório, mesmo sendo uma cirurgia pouco invasiva, alguns cuidados devem ser tomados para acelerar a cicatrização e os resultados. São eles:

Aplicação de compressas de gelo, pelo menos três vezes ao dia;
Não tomar sol durante uma semana;
Não praticar atividades físicas de grande esforço pelo menos três dias;
Não ingerir alimentos cítricos por pelo menos 4 dias;
Não ingerir alimentos de difícil mastigação por pelo menos 4 dias (amendoins, nozes, etc).
Quanto custa a Bichectomia? Qual Preço?
O valor da bichectomia varia muito de acordo com o local que você mora, a clínica que você escolhe ou até mesmo se você vai fazer com o médico ou dentista.

Biotina

Biotina

A Biotina. também conhecida como Vitamina B7, é necessária para o bom funcionamento das células do nosso corpo, ela metaboliza as gorduras, os carboidratos e as proteínas, gerando energia para o corpo e produzindo ácidos que mantém a saúde da pele, unhas e cabelo.

* Mantém a hidratação da pele.
* Age na produção de queratina, favorecendo o crescimento e o fortalecimento das unhas e do fio capilar.

Isento no M.S. conforme Resolução RDC nº 27/10.

Ingredientes: D-biotina, antiumectantes celulose microcristalina e dióxido de silício e estabilizante croscarmelose.

Apresentação/Embalagem: frasco contendo 60 comprimidos de 250 mg, sendo 30 µg de biotina.

Sugestão de Uso: ingerir 1 (um) comprimido ao dia, com 200 ml (1 copo) de água, ou de acordo com orientação de um nutricionista ou médico.

Gestantes, nutrizes e crianças até 3 (três) anos, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionistas ou médicos.

Leia também: Biotina

Dica!
De acordo com a European Food Safety Authority (EFSA), a ingestão de alimentos ricos em biotina contribui com o metabolismo regular dos macronutrientes, a manutenção da pele e das membranas mucosas, e o funcionamento normal do sistema nervoso.

A lista abaixo, com informações da Universidade do Estado de Oregon nos Estados Unidos indica qual a ingestão adequada diária de biotina:
Bebês de zero a seis meses: 5 mcg (microgramas) por dia;
Bebês de sete a 12 meses: 6 mcg por dia;
Crianças de um a três anos: 8 mcg por dia;
Crianças de quatro a oito anos: 12 mcg por dia;
Crianças de nove a 13 anos: 20 mcg por dia;
Adolescentes de 14 a 18 anos: 30 mcg por dia;
Adultos a partir de 19 anos de idade: 30 mcg por dia;
Mulheres gestantes de todas as idades: 30 mcg por dia;
Mulheres que estejam amamentando de todas as idades: 35 mcg por dia.

Vasinhos e varizes: entenda a diferença entre eles Atenta: não é tudo igual e pode ser coisa séria!

Vasinhos e varizes: entenda a diferença entre eles Atenta: não é tudo igual e pode ser coisa séria!

Já se deparou com algumas veias mais evidentes do que o normal marcando a pele e ficou na dúvida sobre a gravidade do problema? De fato, vasinhos e varizes são situações bem diferentes e que requerem cuidados distintos também.

+ Carol Buffara conta como adequou a rotina saudável à vida de mãe
+ Não ter vergonha do próprio corpo na academia é um ato de liberdade
+ Race bootcamp: nós testamos o treino mais quente do momento

Aqui, o cirurgião vascular Dr. Alexandre Amato, de São Paulo, ajuda a explicar como identificar o seu caso e se ele significa um alerta à sua saúde.

Vasinhos
Os vasinhos são capilares localizados numa camada superficial da pele e que se dilatam. Bem fininhos, eles aparecem agrupados e são de cores avermelhadas ou arroxeadas. Não doem e podem pipocar em qualquer local do corpo e até no rosto.

Leia também: Varicell Anvisa

Causas
Histórico familiar, traumas no local (batidas, machucados, cirurgias), aumento de hormônios femininos por uso de medicamentos ou gravidez, passar muito tempo em pé (algumas profissões estão mais propensas) e, em casos mais extremos, pode ser uma indicação de uma doença venosa.

Riscos
Caso os vasinhos estejam localizados em grande quantidade perto dos joelhos e tornozelos, é preciso um ultrassom para investigar a possibilidade de algum problema de circulação, mas é raro. Tirando essa hipótese, eles não apresentam maiores problemas de saúde. Acaba caindo em uma questão estética.

Tratamentos
Os vasinhos que não apresentam riscos à saúde são tratados em consultório com procedimentos estéticos, como laser, apenas por um motivo de aparência, já que esses capilares “doentes” não são essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo. Mas o médico alerta que se o seu caso for genético, eles irão continuar aparecendo para o resto da vida.

+ Os 7 melhores aplicativos para você malhar no conforto do lar
+ As academias e os personal trainers mais requisitados entre as famosas
+ Marmita fit: 5 ideias para você almoçar saudável no trabalho

Varizes
Diferentemente dos vasinhos que são formados por capilares, as varizes são veias que se dilatam por não estarem cumprindo bem a sua função de mandar o sangue de volta ao coração. São grossas, de cor azulada ou esverdeada e localizam-se nas pernas e pés. Causam dores e inchaços que podem desencadear problemas mais graves de circulação, como trombose.

Causas
Aqui, o histórico familiar também conta, assim como o aumento de hormônios, gravidez e profissões que exigem muito tempo em pé ou parado. Outros fatores de risco são o sedentarismo e o sobrepeso.

Riscos
Varizes não só causam dores e inchaços: elas também podem ser perigosas. “A evolução das varizes pode ser não só pelo aumento do calibre das veias, mas também pelo aumento de sua quantidade”, diz o angiologista Marcello Mortiz, do Rio de Janeiro. Os sintomas podem evoluir desde cansaço das pernas e edema (inchaço) até a ocorrência de úlceras (feridas) e de tromboses e flebites (inflamação). “A embolia pulmonar, uma doença grave e muitas vezes fatal, pode ser originada pela presença de varizes em pacientes com os fatores de risco acima”, avisa. Portanto, cuidado!

Tratamentos
O tratamento depende de vários fatores, como idade, cor da pele, calibre das varizes e dos vasinhos, sintomas e expectativa em relação ao resultado.